Home Contactos
  • Facebook
Logo ASAE
    Logo MinEconomia
    banner de topo

    Avaliação de Riscos

    A área científica da ASAE tem sido a vertente de atuação menos conhecida do cidadão. Esta tendência tem vindo a ser contrariada e tem estado a receber uma forte aposta neste novo ciclo de gestão. A razão para tal prende-se com o facto de, estrategicamente, este enfoque permitir obter informação útil quer da área laboratorial quer da avaliação de riscos, com dados estatísticos, que sustenta tecnicamente a atividade operacional. Na realidade, a ASAE sendo uma autoridade que reúne, em termos de competências, todas as vertentes da análise de risco, nomeadamente a avaliação, a gestão e a comunicação de risco, deve assumir uma estratégia integrada, usando para esse efeito todas as ferramentas disponíveis para que a sua atuação seja adequada, coerente e proporcional ao risco. Nessa perspetiva a ASAE desenvolve um plano de atividades relativo à área científica que permite concluir estudos que servem os interesses dos consumidores, contribuindo assim para uma avaliação mais completa dos riscos a que as populações estão expostas.


    Estudos da ASAE na Área de Avaliação de Risco

    A ASAE tem entre várias missões que lhe estão atribuídas, recolher e analisar dados que permitam a  caraterização e a avaliação dos riscos que tenham impacto, direto ou indireto, na segurança alimentar, assegurando a comunicação pública e transparente dos riscos e promovendo a divulgação da informação sobre segurança alimentar junto dos consumidores. Neste âmbito, a ASAE é o organismo nacional de ligação com as suas entidades congéneres, a nível europeu e internacional, através da nomeação como ponto focal da EFSA em questões técnicas e científicas.

    Estudos da ASAE na área de avaliação de risco


    Na qualidade de autoridade nacional, responsável pela avaliação e comunicação dos riscos na cadeia alimentar, a ASAE promoveu a criação de uma Agenda de Avaliação de Risco para o próximo biénio, com a participação ativa das várias entidades da rede científica nacional.

    Para a Agenda de Avaliação de Risco da ASAE tendo presente as 28 áreas prioritárias identificadas pela EFSA, bem como ainda a informação complementar extraída da análise de resultados obtidos através quer do Plano Nacional de Colheita de Amostras (PNCA), quer do Plano Nacional de Fiscalização Alimentar (PNFA)  - por se tratarem de privilegiadas fonte de referência, que espelham de forma fidedigna a realidade nacional quanto aos riscos alimentares a que estão expostos os consumidores portugueses,  foram identificadas as 8 potenciais áreas de interesse para desenvolver estudos no âmbito da segurança alimentar.
     


    A ASAE contemplou dois temas relevantes para as suas atividades com avaliadora e gestora dos riscos alimentares - A avaliação da exposição por efeitos acumulativos, um tema de interesse por existir disponibilidade de dados para avaliação de potenciais efeitos cumulativos na sequência do consumo de vários contaminantes em simultâneo. Considerada uma área emergente, pretende-se estudar estes novos efeitos através de estudos de exposição. E ainda o tema “Alimentação infantil e lactantes”, por se tratar de uma área vital para o nosso País, dada a ausência de estudos em Portugal.

    Na sequência das áreas de interesse identificadas, a ASAE através da Divisão de Riscos Alimentares, responsável pelas atividades do âmbito da Avaliação de Riscos, bem como através do Laboratório de Segurança Alimentar (LSA), parceiro na componente laboratorial, tem vindo a estabelecer novas parcerias com instituições nacionais e internacionais de cariz científico e universitário, que visam o desenvolvimento de estudos de avaliação de risco, quer no âmbito de teses de Mestrado e Doutoramento, quer de projetos científicos mais alargados desenvolvidos com recurso a fundos existentes para esse efeito. Sendo essa uma área em que os desafios são ainda muitos, a ASAE continua por isso disponível para mais parecerias a esse nível, quer a nível nacional quer internacional, com vista a uma melhor avaliação dos riscos nas áreas de interesse identificadas.


    Estudos de Avaliação de Riscos desenvolvidos pela ASAE:

    Este trabalho é a face visível de uma nova metodologia de trabalho da ASAE em que se pretende, através do estabelecimento de parcerias estratégicas com Universidades e centros de investigação que poderão incluir estágios nesta autoridade, produzir trabalho relevante no âmbito da avaliação dos riscos na cadeia alimentar. Estes trabalhos serão sempre levados a cabo tendo presente o papel da ASAE enquanto Ponto Focal da EFSA, incidindo sobre temas atuais e pertinentes no panorama da segurança alimentar em Portugal e na Europa. Congratulamo-nos assim pela apresentação pública destes estudos, que são o culminar de vários meses de um bem-sucedido trabalho. Os presentes estudos encontram-se disponíveis na publicação científica da ASAE - Revista Riscos e Alimentos.


    Exemplos de alguns dos estudos concluídos nos últimos anos:

    • Estudo de avaliação do risco da exposição de substâncias estimulantes específicas, em adolescentes dos 10 aos 18 anos do Distrito de Lisboa, através do consumo de bebidas “energéticas” e refrigerantes.

    • Identificação de substâncias ativas proibidas em suplementos destinados ao emagrecimento e comunicar o risco associado ao seu consumo em parceria com o INFARMED.

    • Exposição de contaminantes químicos, em três dietas diárias de grávidas com tendências alimentar distintas.

    • Avaliação dos alimentos com maior prevalência de Listeria monocytogenes em Portugal e risco em grávidas.

    • Estudo de avaliação da “Incidência de Ocratoxina A em cacau e seus produtos derivados”

    • Avaliação de Substancias alergénicas nos alimentos disponíveis aos consumidores e a segurança associadas as  menções na rotulagem

    • Estudo de avaliação do risco da “Exposição a metais pesados (Mercúrio, Chumbo e Cadmio), por via do consumo de pescado num extracto da população feminina portuguesa, utilizado metodologias probabilísticas para o calculo da exposição”

    • Avaliação da menção-“Isento de Lactose” em diferentes géneros alimentícios.


    ASAE, junho 2018

    • Reg 765 + Medidas Restritivas
    • Denúcias
    • Livro de Reclamações
    • Asae Topics in Other Languages
    • BCFT
    • FISAAE
    • Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA)
    • Simplex
    • EEPLIANT 2
    66