Home Contactos
  • Facebook
Logo ASAE
    Logo MinEconomia
    banner de topo

    Conservantes


    E 200 - Ácido sórbico; usado como conservante pois inibe o desenvolvimento de leveduras e fungos, é um açúcar-ácido presente em muitos frutos; pode ser obtido dos frutos da sorveira (Sorbus aucuparia; Rosaceae) ou por processos de síntese; poderá ter efeitos irritantes sobre a pele.
    E 202 - Sorbato de potássio; conservante com as mesmas propriedades do que o ácido sórbico, é mais solúvel do que este, sendo obtido dele por reacção com potassa; não se lhe conhecem efeitos adversos.
    E 203 - Sorbato de cálcio; conservante idêntico ao E 200 e E 202, obtido por processos de síntese; não se lhe conhecem efeitos adversos.
    E 210 - Ácido benzóico; conservante que é um ácido fenólico que ocorre naturalmente em algumas plantas, mas é em geral preparado por processos sintéticos; tem propriedades antibacterianas e antifúngicas; pode produzir reacções alérgicas semelhantes às referidas para o E 102; em concentrações elevadas pode ainda provocar irritações gástricas, tendo sido referido, por outro lado, ser responsável por desordens de natureza neurológica; reage com o bissulfito de sódio (E 222) também utilizado como conservante.
    E 211 - Benzoato de sódio; sal de sódio do E 210 com características idênticas às dele.
    E 212 - Benzoato de potássio; sal de potássio do E 210 com características idênticas às dele.
    E 213 - Benzoato de cálcio; sal de cálcio do E 210, com características idênticas às dele.
    E 214 - p-Hidroxibenzoato de etilo; conservante obtido a partir do ácido benzóico (E 210), com características idênticas às dele.
    E 215 - Sal de sódio do p-hidroxibenzoato de etilo, com características idênticas às dele.
    E 216 - p-Hidroxibenzoato de propilo; conservante obtido a partir do ácido benzóico (E 210) e com características idênticas às dele.
    E 217 - Sal de sódio do p-hidroxibenzoato de propilo, com características idênticas às dele.
    E 218 - p-Hidroxibenzoato de metilo, conservante obtido a partir do ácido benzóico (E 210) e com características idênticas às dele.
    E 219 - Sal de sódio do p-hidroxibenzoato de metilo, com características idênticas às dele.
    E 220 - Dióxido de enxofre; conservante e antioxidante, é também usado como branqueador e estabilizador da vitamina C; obtém-se em geral por combustão do enxofre, sendo tradicionalmente usado na desinfecção do vasilhame onde se armazena o vinho; pode produzir reacções alérgicas semelhantes às referidas para o E 102, para além de ser irritante do aparelho digestivo; quando utilizado no branqueamento da farinha destrói a maior parte da sua vitamina E.
    E 221 - Sulfito de sódio; conservante e agente antimicrobiano, obtido por síntese; os sulfitos podem ser perigosos para as pessoas asmáticas.
    E 222 - Hidrogenossulfito de sódio (ou bissulfito de sódio); conservante e branqueador obtido por síntese; os sulfitos podem ser perigosos para as pessoas asmáticas.
    E 223 - Metabissulfito de sódio; conservante e antioxidante, obtido por síntese; pode produzir irritação gástrica, devido à libertação do ácido sulfuroso, e reacções alérgicas na pele; os sulfitos podem ser perigosos para as pessoas asmáticas; a sua acção sobre os alimentos leva à redução dos teores de tiamina (vitamina B1).
    E 224 - Metabissulfito de potássio; conservante idêntico ao E 223.
    E 226 - Sulfito de cálcio; conservante, também usado para dar consistência a alimentos, obtido por síntese; tem efeitos idênticos aos do E 223.
    E 227 - Hidrogenossulfito de cálcio (ou bissulfito de cálcio); conservante de síntese com efeitos idênticos aos do E 223.
    E 228 - Hidrogenossulfito de potássio (ou bissulfito de potássio); conservante de síntese com efeitos idênticos aos do E 223.
    E 230 - Bifenilo ou difenilo; conservante com propriedades antifúngicas produzido por processos sintéticos, pela acção do calor sobre o benzeno; usa-se no tratamento da superfície de frutos, como os citrinos, para evitar o seu apodrecimento; parte do conservante pode penetrar na polpa do fruto e ser consumido; os trabalhadores expostos ao bifenilo referem o desencadear de naúseas, vómitos e irritações dos olhos e
    nariz.
    E 231 - Ortofenilfenol; conservante com propriedades antibacterianas e antifúngicas, obtido por síntese e com características e efeitos idênticos aos do E 230.
    E 232 - Ortofenilfenato de sódio; conservante de síntese utilizado como substituto do E 231.
    E 234 - Nisina; conservante que é um antibiótico de natureza polipeptídica produzido por bactérias do género Streptococcus (p. ex., S. lactis) e naturalmente presente em alguns queijos; não se lhe conhecem efeitos adversos, sendo adicionada a pudins e queijos para ajudar à sua conservação.
    E 235 - Natamicina; conservante que é um antibiótico do tipo macrólido, com propriedades antifúngicas, produzido pelo Streptomyces natalensis; usado no tratamento da superfície de queijos de pasta dura e semi-dura e de enchidos secos ou curados.
    E 239 - Hexametilenotetramina; conservante sintético, com propriedades antifúngicas, derivado do benzeno; utilizado no queijo Provolone; o consumo prolongado deste conservante causa transtornos gastrointestinais devido à produção de formaldeído, verificando-se menos frequentemente irritações urinárias e alergias na pele; tem efeitos mutagénicos em animais de laboratório.
    E 242 - Dicarbonato dimetílico; conservante de síntese utilizado em bebidas aromatizadas não alcoólicas e em concentrados de chá líquido.
    E 249 - Nitrito de potássio; conservante e agente de cura; não deve ser usado em alimentos para bebés de idade inferior a 6 meses; destrói os glóbulos vermelhos e ao reagir com as aminas forma nitrosaminas, que são potencialmente carcinogénicas; afecta as pessoas asmáticas e outras com tendência para as alergias.
    E 250 - Nitrito de sódio; conservante idêntico ao E 249.
    E 251- Nitrato de sódio; mineral que ocorre naturalmente. É utilizado como conservante e agente de cura; por acção microbiana ou no estômago pode transformar-se em nitritos, com todos os efeitos desfavoráveis referidos para o E 249.
    E 252 - Nitrato de potássio; conservante idêntico ao E 251.
    E 280 - Ácido propiónico; conservante com propriedades antifúngicas; é um produto natural de fermentações, podendo estar presente em determinados produtos fermentados; não tem efeitos adversos.
    E 281 - Propionato de sódio; conservante idêntico ao E 280.
    E 282 - Propionato de cálcio; conservante idêntico ao E 280.
    E 283 - Propionato de potássio; conservante idêntico ao E 280.
    E 284 - Ácido bórico; conservante com ligeiras propriedades bacteriostáticas, usado, p. ex., no caviar; tem propriedades purgativas.
    E 285 - Tetraborato de sódio ou bórax; conservante com propriedades idênticas ao ácido bórico, devido a originá-lo por hidrólise, quando em solução.
    E 1105 - Lisozima; enzima hidrolítica (EC 3.2.1.17) de grande distribuição nos seres vivos, que quebra ligações glicosídicas b-1,4 da proteoglicana da parede celular de bactérias e, portanto, tem acção protectora contra estes microrganismos; utiliza-se como conservante em queijos curados; não tem efeitos adversos.


     

    • Reg 765 + Medidas Restritivas
    • Denúcias
    • Livro de Reclamações
    • Asae Topics in Other Languages
    • BCFT
    • FISAAE
    • Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA)
    • Simplex
    • EEPLIANT 2
    66