Home Contactos
  • Facebook
Logo ASAE
    Logo MinEconomia
    banner de topo

    Parques de Campismo, Campos de Férias e Empresas de animação e Operadores Marítimo Turísticos

    Parques de Campismo, Campos de Férias e Empresas de animação turística e Operadores Marítimo Turísticos

     



    Na época de verão naturalmente observa-se os efeitos da pressão turística e populacional, com maior incidência em certas áreas geográficas, bem como, em diversos tipos de atividade económica. Neste contexto, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica no âmbito das suas competências de fiscalização procedeu a diversas ações de fiscalização a nível nacional, direcionadas para o exercício de atividades que se intensificam nesta época do ano salvaguardando a segurança dos utilizadores destes serviços,  assim como a saúde pública num contexto de segurança alimentar e o exercício de práticas comerciais leais, destacando-se as seguintes Operações:

    • Parques de Campismo e Caravanismo que integram um dos tipos de empreendimentos turísticos;

    • Campos de Férias cuja atividade engloba as iniciativas destinadas exclusivamente a grupos de crianças e jovens, com idades compreendidas entre os 6 e os 18 anos, cuja finalidade compreenda a realização, durante um período de tempo determinado, de um programa organizado de carácter educativo, cultural, desportivo ou meramente recreativo e,

    • Empresas de animação turística e Operadores Marítimo Turístico que têm por atividade a organização de atividades lúdicas de natureza recreativa, desportiva ou cultural, que se configurem como atividades de turismo de ar livre ou de turismo cultural e que tenham interesse turístico para a região em que se desenvolvam.


    Estas operações são desenvolvidas no sentido de averiguar o cumprimento da lei em vigor, pelos operadores económicos, quanto aos requisitos legais obrigatórios para a instalação e funcionamento dos parques de campismo e caravanismo  bem como os estabelecimentos de venda de produtos alimentares e não alimentares, requisitos relativos à atividade de campos de férias destinados a crianças e jovens dos 6 aos 18 anos e a verificação dos requisitos obrigatórios relativos às empresas de animação turística designadamente as atividades desenvolvidas mediante utilização de embarcações incluindo a as refeições/bebidas servidas a bordo das embarcações.  


    Como resultado das ações foram fiscalizados cerca de 200 operadores económicos, a nível nacional, tendo sido instaurados 19 processos contraordenacionais destacando-se como principais infrações a falta de comunicação prévia para o exercício da atividade, irregularidades relativas à classificação do estabelecimento e a falta de informação obrigatória no âmbito dos campos de férias destinados a crianças e jovens dos 6 aos 18 anos. Foi ainda determinada a suspensão de atividade de um parque de campismo por falta de título válido de abertura.

    • Estabelecimentos de restauração e bebidas (apoios de praia),

    • Mercados e supermercados situados nas proximidades de zonas balneares (junto a praias oceânicas e fluviais),

     

    Parques de Campismo, Campos de Férias e Empresas de animação e Operadores Marítimo Turísticos
    Parques de Campismo, Campos de Férias e Empresas de animação e Operadores Marítimo Turísticos

    Durante a Operação Verão Seguro procedeu-se à fiscalização de operadores económicos localizados em zonas de veraneio, de forma a assegurar o cumprimento das regras de higiene e segurança alimentar, bem como as regras de concorrência e preços.

    Foram fiscalizados mais de 400 operadores económicos, tendo sido instaurados 4 processos-crime pela existência de géneros alimentícios avariados, especulação de preços e venda de artigos contrafeitos e 55 processos de contraordenação destacando-se como principais infrações o incumprimentos dos requisitos gerais e específicos de higiene, irregularidades relativas à informação na rotulagem e relativas ao controlo metrológico, tendo sido ainda apreendidos 7 instrumentos de pesagem e cerca de 300 Kg de géneros alimentícios impróprios para consumo. Foi determinada a suspensão de atividade total de dois operadores económicos e a suspensão parcial de um operador económico.



    • Festivais de Verão

     

     
    Parques de Campismo, Campos de Férias e Empresas de animação e Operadores Marítimo Turísticos

    Desde o início do mês de maio, altura em que tiveram início os Festivais de Verão, foram fiscalizados pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica cerca de 700 operadores económicos que estiveram presentes nos referidos eventos, de norte a sul do país, para verificação das diferentes matérias da competência desta Autoridade, designadamente Segurança Alimentar (restauração e bebidas) Segurança e Ambiente (equipamentos de diversão, insufláveis, entre outros) e práticas comerciais (licenciamento, venda de bilhetes, afixação de preços, entre outras).


    Foram instaurados cerca de 80 processos de contraordenação destacando-se como principais infrações a venda ou disponibilização de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos e a falta de requisitos gerais e específicos de higiene e 5 processos crime por especulação, usurpação e utilização de documentação alheia.


    Foram identificados 80 menores por consumo de bebidas alcoólicas.
     

     

    ASAEnews nº 100 - agosto 2016

     
    • Reg 765 + Medidas Restritivas
    • Denúcias
    • Livro de Reclamações
    • Asae Topics in Other Languages
    • BCFT
    • COMPETE 2020
    • FISAAE
    • Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA)
    • Simplex
    • EEPLIANT 2
    66