Home
  • Facebook
  • Instagram
Logo ASAE
Logo MinEconomia
banner de topo

Riscos para a saúde da exposição aos hidrocarbonetos aromáticoa pliciclicos  (HAPs)         

Os Hidrocarbonetos Aromáticos Policíclicos (HAPs) constituem uma família de compostos orgânicos caracterizados por possuírem dois ou mais anéis aromáticos condensados. Estes compostos são poluentes ambientais ubiquiscentes, que podem ser formados e libertados por inúmeros processos de combustão e durante determinados processos industriais.

As maiores fontes de exposição humana aos HAPs são o fumo do tabaco e a dieta alimentar. Os HAPs têm sido detectados numa grande variedade de alimentos, em resultado da deposição dos HAPs atmosféricos e no peixe em consequência da contaminação das águas. Os HAPs também podem ser formados durante a preparação de alimentos, tais como, assar, grelhar, tostar/torrar, fritar ou cozer e no caso do peixe e carne durante o processo de fumagem. Devido à sua baixa solubilidade na água e elevada afinidade para a matéria orgânica, os HAPs estão normalmente presentes na água em concentrações vestigiárias. A contaminação da água por HAPs deve-se essencialmente aos revestimentos de alcatrão das canalizações da rede de distribuição, usadas para proteger os canos da corrosão.

A sua presença no meio ambiente está geralmente associada a misturas complexas de HAPs, sendo raras as referências relativas ao aparecimento de compostos isolados. Os HAPs estão associados a um aumento de incidência de vários tipos de cancro, sendo o benzo(a)pireno o HAP mais estudado, devido à sua potente acção carcinogénica[3,5,7,33].

A sua distribuição generalizada nos alimentos e meio ambiente, as suas propriedades fisico-químicas e a sua actividade biológica, são factores que conjuntamente vão determinar a sua toxicidade e/ou ecotoxicidade. Nesta prespectiva, a avaliação dos riscos associados à exposição a misturas destes compostos, é um tema prioritário para a prevenção e promoção da saúde humana.


Propriedades físicas e químicas

Métodos de análise

Principais fontes de contaminação

Exposição aos HAPs

Toxicocinética

Toxicidade

Segurança alimentar

Recomendações para a protecção da saúde humana

Principal legislação (nacional e comunitária)

Outros aspectos relevantes

Bibliografia 

Cristina Maria Martins Almeida, Prof. Auxiliar da Faculdade de Farmácia de Lisboa
Laboratório de Hidrologia/Bromatologia
calmeida@ff.ul.pt

Maria Camila C. Batoréu, Prof. Associada da Faculdade de Farmácia de Lisboa
Laboratório de Toxicologia/Segurança Alimentar
cbatoreu@ff.ul.pt

 

  • COVID-19 ASAE
  • Denúncias  / Denúncias COVID-19
  • Processos de Contraordenação
  • Livro de Reclamações
  • Reg 765 + Medidas Restritivas
  • Asae Topics in Other Languages
  • Não paramos. Estamos ON!
  • PROJETOS COMPETE 2020
  • BCFT
  • Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA)
  • EEPLIANT 2
66